Instalando o Apache Guacamole no Ubuntu Server

Instalando o Apache Guacamole no Ubuntu Server

Recentemente precisei de um servidor no estilão “jump server” para acessar servidores em redes isoladas em um ambiente de laboratório e foi aí que encontrei o Apache Guacamole, então a ideia deste post é mostrar rapidamente como instala-lo no Ubuntu Server 16.04. Para saber mais sobre o Guacamole, acesse o site oficial.

Li vários blogs e também a documentação do produto, mas nada funcionou tão lindamente como o script do Chase Wright, então vamos utiliza-lo aqui.

No servidor Ubuntu faça o download do script do github.

wget https://raw.githubusercontent.com/MysticRyuujin/guac-install/master/guac-install.sh

Depois é necessário tornar o arquivo executável.

chmod +x guac-install.sh

E por fim apenas executar o script.

./guac-install.sh

Se preferir não ter nenhuma interação com o script, tente executar a linha abaixo ao invés da anterior (troque “password” pela sua super senha segura).

./guac-install.sh --mysqlpwd password --guacpwd password

Após alguns minutos o Apache Guacamole estará instalado e funcionando. Então basta acessar o endereço http://Server:8080/guacamole e efetuar login utilizando o usuário guacadmin com a senha guacadmin.

Por padrão a autenticação multi-factor é habilitada, então é necessário escanear o QR code utilizando o Google Authenticator (android | iphone), aí basta digitar os 6 números e clicar em continue.

Feito isso basta criar as suas conexões RDP, SSH ou VNC e pronto.

Uma observação importante: no meu caso o guacamole irá servir como jump server, ou seja, ele irá acessar servidores via RDP e SSH que eu não consigo acessar a partir da minha rede, por isso ele terá várias interfaces de rede e/ou trunk com VLANs para que seja possível se comunicar com os servidores que desejo me conectar.

O Guacamole me ajudou bastante e espero que ajude você também. Até mais!

Ricardo Conzatti é especialista em TI e apaixonado por Virtualização. É graduado em Sistemas de Informação, pós-graduado em Gestão de TI e acredita muito na teoria da pirâmide de aprendizagem de William Glasser. Ricardo também é blogueiro, palestrante, podcaster e muito envolvido com comunidades técnicas. É líder do VMUG Paraná e host do vBrownBag Brasil, além de ser VMware vExpert e possuir várias certificações técnicas Microsoft e VMware. Você com certeza irá encontra-lo no twitter @RicardoConzatti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *