Configurando Hyper-V Failover Cluster com Storage Spaces Direct (S2D) no Windows Server 2016 – Parte 2

Configurando Hyper-V Failover Cluster com Storage Spaces Direct (S2D) no Windows Server 2016 – Parte 2

O intuito da parte 2 do passo a passo sobre como configurar o Hyper-V Failover Cluster com Storage Spaces Direct no Windows Server 2016 é realizar a configuração da rede e dos discos locais.

Para não ficar muito extenso, dividi o passo a passo em 5 partes:

Parte 1 – Pré-requisitos e Ambiente
Parte 2 – Rede e Storage (você está aqui)
Parte 3 – Failover Cluster
Parte 4 – Storage Spaces Direct (S2D)
Parte 5 – Discos Virtuais / Volumes

A configuração da rede segue o mesmo padrão das implementações com Hyper-V Failover Cluster. Neste caso teremos 6 interfaces de rede formando 3 NIC team (2 NICs por team). Como o ambiente é nested configurei como ativo/standby, se fosse físico faria com LACP.

NIC Team Descrição
MGMT Gerenciamento dos servidores
LM Live Migration
VM Rede para as máquinas virtuais

Para mais detalhes sobre a configuração de rede veja o post Configurando o Hyper-V Failover Cluster no Windows Server 2016.

Com relação aos discos locais é bem fácil, apenas garanta que todos as unidades foram reconhecidos em todos os servidores Hyper-V e deixe os discos online (não precisa inicializar ou criar partições). É importante lembrar que como estamos trabalhando com Hyper-V nested, no lado da máquina virtual do VMware ESXi algumas configurações são necessárias para garantir o correto funcionamento da solução. Neste caso é necessário que a controladora dos discos seja do tipo VMware Paravirtual e possua o SCSI Bus Sharing configurado como Physical (mais detalhes aqui e aqui. Além disso criei um script para adicionar os discos e controladoras da forma “correta” para este tipo de solução, veja aqui).

Cada servidor Hyper-V membro do Failover Cluster terá as unidades locais de acordo com a tabela abaixo:

Tipo Quantidade Função Tamanho (un)
HDD 4 Capacidade 50 GB
SSD 2 Cache 35 GB

Utilize o comando abaixo para listar os discos em cada servidor. Se a coluna CanPool estiver True está tudo certo.

Get-PhysicalDisk | Select FriendlyName, CanPool, Size, MediaType | ft

O resultado deve ser algo mais ou menos assim. O primeiro disco é do SO e por isso não pode fazer parte do pool, mas os outros podem (não se preocupe caso o campo MediaType não esteja correto, depois arrumamos isso).

FriendlyName        CanPool        Size MediaType
------------        -------        ---- ---------
VMware Virtual disk   False 42949672960 Unspecified
VMware Virtual disk   True  53687091200 Unspecified
VMware Virtual disk   True  37580963840 Unspecified
VMware Virtual disk   True  53687091200 Unspecified
VMware Virtual disk   True  53687091200 Unspecified
VMware Virtual disk   True  53687091200 Unspecified
VMware Virtual disk   True  37580963840 Unspecified

É isso aí pessoal, acompanhe os próximos posts. Valeu e até mais!

Ricardo Conzatti é especialista em TI e apaixonado por Virtualização. É graduado em Sistemas de Informação, pós-graduado em Gestão de TI e acredita muito na teoria da pirâmide de aprendizagem de William Glasser. Ricardo também é blogueiro, palestrante, podcaster e muito envolvido com comunidades técnicas. É líder do VMUG Paraná e host do vBrownBag Brasil, além de ser VMware vExpert e possuir várias certificações técnicas Microsoft e VMware. Você com certeza irá encontra-lo no twitter @RicardoConzatti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *