Script para configuração inicial de ambiente VMware vSphere com iSCSI

Este script utiliza o vSphere PowerCLI para criar um ambiente completo no vSphere com iSCSI, tudo de maneira automatizada e seguindo as recomendações de configurações da VMware. Recomendado para ambientes de laboratório, caso quiser utilizar em produção, faça por sua conta em risco.

Antes de começar, eu estou assumindo que você acabou de instalar o VMware ESXi e efetuou apenas as configurações básicas (definição de IP, DNS, sufixo e hostname) e que o VMware vCenter Server foi instalado e nenhuma configuração foi efetuada.

  • Ações que o Script executa
    • Verifica se os hosts ESXi e vCenter Server estão respondendo ping
    • Conecta no vCenter Server via VMware vSphere PowerCLI
    • Cria um Data Center
    • Cria um Cluster
    • Adiciona os hosts ESXi no Cluster e entra em modo de manutenção
    • Cria um VDS com dois uplinks e dois Port Groups (Management e vMotion) + a quantidade de Port Groups que você definir
    • Configura e habilita o vMotion
    • Migra o VMkernel de gerencia do VSS para o VDS
    • Remove o VSS
    • Cria um VDS (iSCSI) com dois uplinks e dois portgroups (iSCSI-1 e iSCSI-2)
    • Configura o MTU do VDS e Port Groups
    • Adiciona o iSCSI Software Adapter
    • Cria dois VMkernel para iSCSI e adiciona no port bindings
    • Adiciona um iSCSI Server Target
    • Define o servidor NTP e inicia o serviço
    • Habilita HA & DRS no Cluster e desabilita o Admission Control (lab only)
    • Sai do modo de manutenção
    • Desconecta do vCenter Server
  • Compatibilidade
    • vSphere (ESXi e vCenter)
      • Testado nas versões 6.0 e 6.5
    • PowerCLI
      • Recomendo a versão 6 ou superior
  • Pré-requisitos
    • vCenter Server (Windows ou Appliance) versão 6 ou superior
      • Garantir que o vCenter esteja acessivel pela rede
    • VMware vSphere PowerCLI versão 6 ou superior
    • 2 ou mais hosts ESXi 6.0 ou superior
      • Garantir que o ESXi esteja acessível pela rede. Configurar o IP, DNS e hostname
      • 4 interfaces de rede por host ESXi (2 LAN e 2 iSCSI)
      • 4 IPs por host ESXi (1 gerencia, 1 vMotion e 2 iSCSI)
    • Criar entradas DNS para todos os hosts ESXi e vCenter
      • Resolução de nomes (curto e FQDN)
  • Definindo as Variáveis
    • Existem duas formas de definir as variáveis no script: editando as variáveis manualmente no script OU utilizando a planilha para gerar as variáveis.
      • Editar manualmente: edite o script e substituir o valor das variáveis pelas informações do seu ambiente. * Compatível com a versão 1.0 e 2.0.
      • Planilha: abra a planilha e na aba INFO complete os campos com as informações do seu ambiente, após vá até a aba RESULT – VARIABLES, copei todo o conteúdo e cole no script entre o BEGIN CONFIGURATION e END CONFIGURATION substituindo qualquer coisa que lá estiver. Esta é a forma mais amigável 🙂 * Compatível somente com a versão 2.0.

        Não remova os itens em vermelho
  • Download

Gravei um vídeo demonstrando o funcionamento do script. Para visualizar em HD e full screen clique aqui. Este vídeo é da versão 1.0 do script, mas serve para ter uma ideia de como ele funciona. Assim que possível vou gravar um vídeo da nova versão  🙂

Para mais informações sobre os comandos utilizados e também para utilizar outros comandos, acesse a documentação oficial.

Gostei muito do resultado final do script, qualquer sugestão de melhoria é sempre muito bem-vindo. Valeu e até a próxima!

Posts Relacionados

Ricardo é especialista em TI e apaixonado por Virtualização. É graduado em Sistemas de Informação e pós-graduado em Gestão de TI, além de possuir várias certificações Microsoft e VMware.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.