Hardware para Home Lab

Hardware para Home Lab

Uma dúvida muito recorrente é com relação ao ambiente de laboratório, pois hoje existem diversas opções e logo no começo a primeira dúvida: qual hardware utilizar? As possíveis escolhas vão desde montar uma máquina com peças de desktop, comprar um servidor, workstation, NUC’s ou até fazer tudo no próprio notebook.

Fonte: http://www.networking-forum.com/viewtopic.php?f=36&t=19695&start=100  😯

Essa resposta pode variar de pessoa pra pessoa, começando pelo fato de alguns possuírem algum equipamento enquanto outros não. Se você já possui um máquina, provavelmente seja mais vantajoso apenas dar uma “turbinada” e utiliza-la, ao invés de comprar algo novo. Porém, se não tiver nenhum hardware disponível e a ideia é comprar, eu recomendo olhar com bastante atenção para as opções disponíveis, pois muitas vezes montar um desktop ou notebook parrudo não será mais barato que um servidor e/ou não atenderá as necessidades da mesma forma. Com relação as NUC’s, talvez em um futuro próximo os preços aqui no Brasil sejam mais atraentes (e as configurações também).

Antes de mais nada é preciso definir qual o objetivo do ambiente de laboratório. A grande maioria das pessoas que converso, tem a necessidade de testar softwares de virtualização, clusters, replicação e tudo mais. Para isso, é necessário pelo menos dois servidores, storage, rede e afins. Ou seja, se for tudo físico, precisa no mínimo de três máquinas, sendo dois hypervisors e um storage. Nesse caso montar duas ou três máquinas pode ficar um pouco caro.

Uma opção que vem sendo bastante utilizada para laboratórios é o nested virtualization, ou seja, virtualizar o hypervisor. Nesse formato, é possível utilizar uma unica máquina física e sobre ela criar os seus hypervisors em cluster, juntamente com o storage, rede e qualquer outro serviço necessário para o seu laboratório. Outro detalhe interessante é que como tudo está na mesma máquina física as interfaces de rede da máquina física não precisam ter uplinks (apenas um para acesso externo), pois não ha necessidade de comunicação externa, tudo está dentro da mesma máquina física. É uma espécie de all-in-one / laboratório autossuficiente.

Outro ponto bastante interessante é com relação aos valores, existe grandes chances de uma unica máquina física com uma configuração de hardware superior ser mais barata do que duas ou três máquinas físicas com configurações de hardware inferior. Ou seja, ao invés de comprar dois desktops e/ou NUC’s com 32GB de RAM, acredito ser mais vantajoso comprar um servidor com 64GB de RAM com possibilidade de expansão (até 128 ou 256 quem sabe 🙂 ). Além, é claro, de outros investimento com rede, espaço físico, energia elétrica e afins. Estou apenas usando memória RAM como exemplo por que geralmente este é o gargalo que temos, pois CPU dificilmente tem alto nível de utilização e discos são relativamente baratos.

Vou dar um exemplo, eu possuo um servidor HPE ML110 G9 (+ detalhes) com 64GB de RAM (non-ECC), 3TB Sata 7.2K e 250GB SSD com o VMware ESXi 6.5 instalado cartão SD de 16GB. Neste servidor físico eu tenho seis VMware ESXi 6.0 nested, dois VMware vCenter Server Appliance 6.0, um VMware Platform Services Controller 6.0, um storage Dell EMC UnityVSA, um Domain Controller Windows Server 2012 R2 e um pfSense.

SERVIÇO QTD RAM UN RAM TOTAL
VMware ESXi 6.0 * 4 6GB 24GB
VMware ESXi 6.0 2 4GB 8GB
VMware VCSA 6.0 * 2 8GB 16GB
VMware PSC 6.0 * 1 4GB 4GB
Domain Controller * 1 4GB 4GB
Dell EMC UnityVSA 1 12GB 12GB
pfSense 1 1GB 1GB
TOTAL 12 69GB

* poderia ter sido utilizado menos memória RAM

Aí você pode estar se perguntando, como é possível ligar 12 máquinas virtuais com o total de 69GB de memória RAM se o servidor físico possui 64GB. Bom, imagina-se que nem todas as máquinas virtuais irão utilizar todo o recurso alocado, então o gerenciador de memória do hypervisor faz um excelente trabalho.

Resumindo tudo, é necessário entender a necessidade e também analisar qual o budget disponível para investir no ambiente de laboratório. Existem diversas opções, basta escolher qual lhe atenderá melhor.

Caso existam dúvidas ou gostaria de mais detalhes sobre as configurações do meu ambiente de lab, basta escrever nos comentários.

Valeu e até a próxima!

Posts Relacionados

Ricardo é especialista em TI e apaixonado por Virtualização. É graduado em Sistemas de Informação e pós-graduado em Gestão de TI, além de possuir várias certificações Microsoft e VMware.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *